Ticiane Pinheiro, a mãezona moderna

A apresentadora vive a maternidade pela segunda vez e está ainda mais maravilhosa

https://revistaevoke.com.br/wp-content/uploads/2017/07/revista-evoke-colunista-basilia-rodrigues.jpg
Basilia Rodrigues
Entrevistas, Notícias
14/01/20 17:23

Coisa mais linda, mais cheia de graça, é ela, menina, apresentadora, atriz, jornalista, mãe da Rafa e da Manu. Há muitos símbolos femininos na trajetória de Ticiane Pinheiro, 43 anos. Filha da garota de Ipanema, Helô Pinheiro, Tici, como é conhecida, ganhou a intimidade do público entrando nas casas das pessoas, pela televisão, e agora com conteúdo que pode ser acessado de qualquer lugar, pela internet. Nesta entrevista exclusiva para a Revista Evoke, ela conta como é a relação com a mãe, filhas e marido, o jornalista César Tralli, além de novidades sobre sua carreira.

 

A Ticiane Pinheiro, atriz, modelo, apresentadora se revelou mãe e uma pessoa bem humorada para o seu público. Você imaginava que seria a mãe que é hoje? Quais foram os principais desafios até aqui para combinar esses dois lados?

Quando nasce um filho, nasce também uma mãe. Vamos nos aprimorando com o tempo. Eu sou mãezona porque amo cuidar e saber tudo o que acontece com minhas filhas. Gosto de brincar, mas também sei dar bronca. Existe um equilíbrio. Acho que o maior desafio hoje para mim em relação a Rafa (filha de seu casamento com Roberto Justus) é justamente a educação, a dificuldade de dizer “não”, mas temos que saber que ouvir “não” é importante para nossos filhos. Em relação a Manu, até agora a maior dificuldade foi o início da amamentação. Demorou até ser algo natural, tranquilo. Depois ficou até prazeroso. Ah, tem uma questão que as mães de dois ou mais filhos sabem bem como é: equilibrar a atenção entre as duas para não terem ciúmes uma da outra. Hoje isso é primordial lá em casa!

 

“Eu sou mãezona porque amo cuidar e saber tudo o que acontece com minhas filhas. Gosto de brincar, mas também sei dar bronca. Existe um equilíbrio”.

 

Como anda o casamento, é a sensação de que encontrou o amor da sua vida?

Total. Somos muito felizes juntos. Existe muito companheirismo, respeito e um amor muito forte entre nós. A família veio consolidar uma relação que construímos com muita verdade.

 

Pode nos contar como é a sua relação com a sua filha Rafa?

Sou amiga quando eu tenho que ser e mãe quando preciso ser. Rafa é muito amorosa e tem prazer em me incluir nas brincadeiras mesmo quando está com amigas. Fazemos slime, jogamos vários tipos de joguinhos e brincamos de boneca juntas. É meu grudinho. Procuro ao máximo manter a rotina que tínhamos antes da Manu nascer e tento incluir a Rafa em tudo. Ela me ajuda a dar banho, a trocar a fralda, quer pegar no colo, levar pra passear no carrinho, escolher a roupinha. Tenho me desdobrado para dar atenção para ela.

 

Foto: Iude Richele

 

Estamos em um momento em que os filhos de famosos acabam sendo muito expostos na internet, entram na mira até mesmo de haters. Como você lida com isso?

Se você é uma pessoa pública, sabe que pode acontecer. É possível não expor em excesso sem também precisar esconder seus filhos. Eles fazem parte da vida, do dia a dia. Temos orgulho dos nossos filhos e faz parte, de uma forma natural, que eles acabem visíveis ao público.

 

Como é ser mãe novamente depois dos 40 anos?

É uma experiência maravilhosa. Sempre achei o máximo ser mãe depois dos 40 quando via amigas ou famosas tendo bebê nessa idade. Sou mais desencanada em relação a tudo agora. A maturidade traz essa segurança. A experiência pelo fato de ser o segundo filho somada à maturidade faz com que seja possível curtir muito mais cada momento.

 

Estava nos planos?

Sim! Sempre quis ter dois filhos. Quando casei com o César, esperamos um pouco para curtir nossa lua de mel e já liberamos. Queríamos muito consolidar essa união com essa benção.

 

Tem alguma dica que gostaria de compartilhar com outras futuras mamães?

Uma dica? Curta cada momento desde o instante q você descobre que está grávida porque passa rápido demais. Já sinto saudades da barriga e da Manu recém-nascida! (risos).

 

Foto: Danilo Borges

 

 Podemos esperar um terceiro ou quarto filho de Ticiane Pinheiro?

Quem sabe? Vamos esperar a Manu fazer um ano para decidir, pra sentir. Por enquanto, queremos só curtir a Manu.

 

É algo característico da sua carreira, a relação que tem com sua mãe. Você se identifica com o bordão “garotinha de Ipanema”, numa referência ao título da sua mãe? Ou tenta se descolar disso?

Adoro. Tenho muito orgulho da história da minha mãe e ela é um ser humano maravilhoso, mais que tudo. Amo ser chamada assim. Cresci vendo a enorme admiração das pessoas dos mais diferentes países ao conhecerem a mulher que inspirou a segunda música mais tocada no mundo! E hoje ela fica feliz por a abordarem também para perguntar de mim, da Rafa.

 

Ao longo da carreira, qual trabalho você mais gostou?

Fiz muitos trabalhos como atriz, mas me realizo demais como apresentadora. Amo apresentar o Hoje em Dia (exibido pela TV Record). Comecei como repórter e eu sempre sonhava em apresentar. Adoro programa ao vivo e é muito gostoso quando você realiza um sonho. Tem um gostinho especial.

 

Foto: Danilo Borges

 

E agora, quais são os planos profissionais para o futuro?

Estou gravando a segunda temporada do “Troca de Esposas”. Viajo o Brasil indo às casas das famílias participantes, faço a mediação entre elas. São realidades conflitantes, que geram experiências incríveis. Aprendo muito com o programa que a Record me deu e que eu adoro! Também continuo com meu canal do YouTube falando sobre maternidade, mas já adianto que para 2020 teremos séries temáticas super especiais.

 

 

Recadinho da Tici!

Só posso agradecer demais por todo carinho que recebo diariamente. Mesmo de longe, eu sinto uma energia maravilhosa chegar até mim. Beijos!

 

 

Revista Evoke

Acompanhe todas as novidades pelo instagram.