Sexo sem proteção pode causar infertilidade

A incidência de doenças sexualmente transmissíveis tem crescido, consideravelmente, dentre os jovens brasileiros

https://revistaevoke.com.br/wp-content/uploads/2017/09/revista-evoke-avatar.png
Revista Evoke
Bem Estar, Saúde
31/01/19 16:43

De acordo com a Organização Mundial de Saúde usar camisinha de maneira adequada, ainda é um dos métodos mais eficazes para prevenção das DST’s. Segundo o Ministério da Saúde 56,6% dos brasileiros entre 15 e 24 anos usam camisinha com parceiros eventuais. “O jovem que contrai uma DST pode comprometer sua fertilidade para o resto da vida”, adverte o ginecologista Vinicius Medina Lopes

As DST’s estão entre as principais causas da infertilidade, além de desencadearem outras complicações sérias. Aborto, doenças neonatais e até mesmo o câncer do colo do útero devido à infecção pelo HPV.

Nas mulheres, doenças como a gonorreia e a clamídia causam inflamação das trompas e provocam a obstrução, impedindo a gravidez pelo processo natural ou causando a gestação ectópica. Nos homens, essas patologias obstruem os condutos deferentes, os canais por onde passam os espermatozoides. Segundo os especialistas, evitar infecções é fundamental para preservar a fertilidade.

Os médicos alertam que ao perceber qualquer sintoma como: coceira, bolhas e verrugas é importante procurar atendimento. Se diagnosticada alguma doença sexual, o tratamento deve ser feito pelo casal. Se só um dos parceiros tratar, o problema persistirá e poderá evoluir causando complicações.