Saiba como curtir o inverno sem ganhar peso

E sim, é possível fazer escolhas saudáveis na hora da alimentação

https://revistaevoke.com.br/wp-content/uploads/2017/09/revista-evoke-avatar.png
Revista Evoke
Bem Estar, Nutrição
02/07/18 16:58

Inverno é tempo de fogueira, casacos, cachecóis, fondues, caldos, sopas e bebidas quentes, além de doces, muitos deles à base de chocolate e chantilly. A influência de países frios traz, também, um inconveniente sobre o qual é preciso ficar de olho: o ganho indesejado de peso.

“Além das preparações mais doces e gordurosas, típicas desta época do ano, é comum às pessoas perderem a disposição para atividades físicas. Com isso, saem menos de casa, o que leva ao acúmulo mais facilitado da gordura corporal (alta ingestão de carboidratos e gorduras ruins associada com a baixa ou nula prática de atividade física)”, explica a nutricionista Enaile Arrais, da NutriCoaching.

Com o frio, também acontece à diminuição da ingestão de água. Normalmente, a sensação da sede diminui e as pessoas acabam esquecendo de tomar a quantidade ideal de água por dia. Isso, segundo a nutricionista, pode acarretar na diminuição do metabolismo, o que contribui para o ganho de peso.

Comidas recomendadas para o inverno – Os alimentos mais recomendadas são aqueles que irão aquecer o corpo e ao mesmo tempo são leves e não vão fornecer grandes calorias e alta quantidade de carboidrato. As mais indicadas nesse caso são os caldos e sopas, ou comidas convencionais com alguma bebida quente para promover o aquecimento.

Em relação às bebidas, para as preparações quentes, pode-se abusar dos chás, usando pouca ou nenhuma quantidade de açúcar para adoçar (usar a canela mascara a falta do açúcar em preparações doces, sendo uma boa opção de uso), chocolates quentes feitos com leite com pouca ou nenhuma gordura (semi-desnatado ou desnatado) ou utilizando leites vegetais (leite de coco, leite de amêndoas, leite de castanha), podendo ser acrescentado gotas de essência de baunilha para que essa preparação líquida fique mais saborosa. No lugar de achocolatados convencionais (ricos em açúcares), uma boa dica é utilizar o cacau em pó e se necessário adoçar com açúcar de coco (em pouca quantidade) ou canela em pó.

 

Dez dicas da NutriCoaching para curtir o frio:

  1. Não deixe que o frio estrague a sua rotina de planejamento de refeições quentes e também leves;
  2. Antes de o inverno começar, prepare as vestimentas para proteger contra o frio e conseguir realizar a atividade física de costume. Busque dicas especificas para essas roupas. Elas existem;
  3. Apostem em preparações alimentares com mais equilíbrio (se já contiver algum carboidrato na preparação, evite acrescentar);
  4. Caso não utilize o cacau em pó (este não contém açúcar), evite o acréscimo de açúcar nos achocolatados (eles já contam com açúcar em sua composição original);
  5. Evite o acréscimo de chantilly em todas as bebidas quentes (principalmente nos chocolates quentes), pois o chantilly é composto apenas por gordura e açúcar;
  6. Se gostar acrescente a canela em pó nos chás e preparações quentes para evitar o acréscimo do açúcar. Se não gostar da canela, procure acrescentar pouca quantidade de açúcar e prefira o açúcar de coco, demerara, mascavo ou o stevia;
  7. Procure dormir cedo (por volta das 22 horas) para que não comprometa os horários de alimentação e atividade física do dia seguinte. Geralmente, ficamos mais um tempinho na cama quando está frio;
  8. Faça todas as refeições normalmente durante o dia. Isso manterá o ritmo do metabolismo, para que a ingestão esporádica de alimentos gordurosos típicos do inverno não sofra alta absorção dentro do organismo;
  9. Consuma bastante água, esforce-se para manter a mesma quantidade ingerida nos dias de calor. Essa alta ingestão de agua também ajudará a manter a regularidade do metabolismo. Planeje-se com garrafas de água em casa, no trabalho e no carro para que a ingestão de água seja preservada;
  10. Se o frio estiver muito intenso e a saída de casa para a academia ou para a atividade física estiver dificultada, faça em casa mesmo. Aqui estão algumas opções que podem ser facilmente realizadas dentro da sua própria casa: pular corda, subir as escadas do prédio, polichinelos, treinos de box com um saco de box, dança, etc. Todas são opções valiosas para se exercitar sem sair de casa, além de ajudarem para dar uma esquentadinha.

 

Receitas de inverno

Chocolate quente funcional

Ingredientes

250 ml de leite de amêndoas

1 colher de sopa de leite de coco em pó

1 colher de sopa de cacau em pó

3 gotas de essência de baunilha

Canela em pó à gosto

 

Preparo

Leve o leite de amêndoas, o leite de coco em pó e o cacau no liquidificador, bata até virar um liquido homogêneo. Em uma panela, leve ao fogo baixo e misture com a essência de baunilha e a canela em pó, misturando com uma colher até ferver. Desligue o fogo e coloque em uma caneca. Caso queira, adicione canela por cima.

 

Sopa de Abóbora e Gengibre

Ingredientes

1 abóbora japonesa (pode-se utilizar a casca, basta lavar bem)

5 colheres de sopa de óleo de côco ou azeite

2 litros de caldo ou água

1 pedacinho de gengibre

Sal à gosto

2 dentes de alho

Preparo

Retire a casca (opcional; com a casca irá ficar mais escura, no entanto mais nutritiva) e as sementes da abóbora (estas podem ser torradas e consumidas na salada – podem ser trituradas se preferir). Corte-a em cubos. Numa panela, cozinhe a abóbora com o alho, o gengibre e a água, até a abóbora ficar macia.

Bata tudo no liquidificador, adicionando o líquido aos poucos até alcançar a consistência desejada; se ainda sobrar líquido sem abóbora, dispense ou utilize para outra preparação.

Adicione o óleo de coco ou azeite, o sal e continue batendo. Corrija o tempero ao seu gosto e sirva.

Dicas

Utilize caldo de cozimento de músculo ou coxão duro, misture a carne desfiada depois.

Se a sopa ficar muito líquida, rala e com sabor pouco apurado, leve para ferver até ficar no sabor adequado.

 

 

Revista Evoke

Acompanhe todas as novidades pelo instagram.