Peça Barca Nômade chega a Brasília

Apresentação que passou por Madrid e agora chega ao DF é baseada no romance do indiano Rabindranaz Tagore e ganha montagem poética

https://revistaevoke.com.br/wp-content/uploads/2017/09/revista-evoke-avatar.png
Revista Evoke
Cultura, Entretenimento
12/03/19 09:39

Barca Nômade, montagem teatral resultante de uma compilação de textos sobre o amor, extraídos do livro O Jardineiro, do poeta, músico e filósofo hindu Rabindranath Tagore (Nobel de Literatura 1913), chega ao Distrito Federal e inicia temporada por Planaltina, nos próximos dias 16 e 17 de março, às 20h. Das semanas seguintes, até o dia 4 de abril, serão contemplados o Gama, com duas sessões, e o Plano Piloto, com nove apresentações. O espetáculo recebeu longos aplausos do público de Madri, em sua estreia no Teatro Tribueñe, em dezembro.

Protagonizam a Barca Nômade um homem e uma mulher que, atraídos por mútua devoção, defrontam‐se com a santidade deste sentimento universal. Os personagens são interpretados pelos atores André Amaro e Fernanda Cabral que, ao elegerem a obra de Tagore para essa encenação, já tinham, em comum, experiências artísticas com a diretora russa Irina Kouberskaya, radicada em Madri, quando de suas vivências individuais pela capital espanhola.

O projeto cênico de Irina Koberskaya une a literatura, ao teatro, ao vídeo e à pesquisa musical, somando enigmáticas e plásticas paisagens visuais ao verbo transcendente do poeta. Constitui-se, portanto, em um projeto em busca de uma especial dicção cênica, com ênfase na plasticidade visual e em uma sonoplastia que se somam ao valor poético da obra de Tagore. Além de protagonistas, André Amaro e Fernanda Cabral assinam, respectivamente, a videocenografia e a trilha sonora original do espetáculo, magistralmente concebido e conduzido por Irina Kouberskaya.

SINOPSE – Para conceber o espetáculo Barca Nômade, os atores André Amaro e Fernanda Cabral passearam pelas cenas amorosas que emergem de um dos livros mais conhecidos do poeta e filósofo indiano Rabindranaz Tagore, O Jardineiro, romance em 85 breves poemas. Com encenação e direção de Irina Kourberskaya (Espanha), o espetáculo é constituído por encadeamentos de pequenos quadros visuais, ressaltando a voz do sentimento amoroso como um elemento humano profundo, repleto de matizes, insinuações e erotismo cortês.

 

 

Temporada

Teatro Lieta de Ló – Planaltina

Rua Hugo Lobo, Quadra 46, N: 790, Setor Tradicional

Datas: 16 e 17 de março

Horário: às 20h (sábado e domingo)

Entrada franca

 

Teatro Paulo Gracindo – Gama

Setor Leste Industrial, Lotes 620 a 680, QI 1

Datas: 23 e 24 de março

Horários: às 20h (sábado); e às 19h (domingo)

Entrada Franca

 

Espaço Cultural Renato Russo, Sala Multiuso – Plano Piloto 508 Sul

Dias: 29 e 30 de março e de 05 a 07 de abril

Horários: às 20h (sextas e sábados), e às 19h (domingo)

Sessão extra: dia 31 de março, às 17h (domingo)

20,00 (inteira)

 

Instituto Cervantes Brasília – Plano Piloto 707/907 Sul

Dias: 12 e 14 de abril, às 20h (sexta), e às 19h (domingo)

Entrada Franca

Falado em espanhol

 

Duração: 60min.

Classificação indicativa: 12 anos.