O mês do Enade chegou!

Alunos devem fazer suas inscrições até 21 de novembro

https://revistaevoke.com.br/wp-content/uploads/2017/09/revista-evoke-avatar.png
Revista Evoke
Economia, Notícias
07/11/18 17:51

Já estão abertas as inscrições para fazer o Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade). A prova, que é componente curricular obrigatório, acontece no dia 26 de novembro. Ela tem como objetivo o acompanhamento do processo de aprendizagem e do desempenho acadêmico dos estudantes em relação aos conteúdos previstos nas grades curriculares do curso de graduação. Somente podem fazer a inscrição os alunos prestes a concluírem o curso que já foram cadastrados pelos coordenadores do curso.

No dia 21 de novembro, as 23h59 (horário de Brasília), encerra o prazo de inscrição para os alunos que vão prestar o exame. Se você ainda não se cadastrou, basta acessar o site do Enade e efetuar sua inscrição. Neste ano, o exame vai avaliar 14 áreas que conferem diploma de bacharelado, como Comunicação, Design, Direito, Relações Internacionais e Administração, e 13 de tecnólogo, como Design de Moda, Design Gráfico e Gastronomia.

Para o aluno de arquitetura e urbanismo da Universidade de Brasília (UnB), Mário Sergio, que fez a prova em novembro de 2017, a melhor opção é tentar não se pressionar e fazer a prova com a maior atenção possível. “Se você vai fazer a prova e já está no final do seu curso, é claro que não da para revisar todo o conteúdo de uma vez. O mais ideal é procurar as provas anteriores do Enade e tentar encaixar elas com os modelos da sua universidade”, conta Mário Sergio.

O exame, que é obrigatório, não agrada a todos, tem os seus prós e contras. “Eu concordo na questão da prova ser indispensável pelo fato de não existir tantos métodos do INEP/MEC para medir o nível do ensino superior. Isso de certa forma acaba tornando a prova algo essencial. Vale ressaltar também que se o Enade não fosse obrigatório, os alunos não iram fazer a prova”, conta Arthur Mendonça, estudante do 5° semestre de Jornalismo da faculdade Estácio.

No exame, os estudantes deverão responder questões de Forma Geral e questões de Componente Específico de cada área de avaliação. Vale lembrar que a prova também conta com questões discursivas. Tudo isso para avaliar a qualidade do curso de nível superior.

 

 

Revista Evoke

Acompanhe todas as novidades pelo instagram.