Museu Nacional recebe exposição contemporânea chinesa

Mostra Arte e Paz apresenta 30 quadros e nove esculturas que representam a busca pela paz e o desejo de uma vida melhor

https://revistaevoke.com.br/wp-content/uploads/2017/09/revista-evoke-avatar.png
Revista Evoke
Cultura, Entretenimento
07/06/19 16:54

O Museu Nacional da República recebe, até o dia 16 de junho, a exposição itinerante Arte e Paz – obras contemporâneas Chinesas. A mostra vem sendo um dos destaques do museu, encantando pessoas de todas as idades com pinturas, aquarelas e esculturas realizadas pelos artistas Chen Mengxin, Ju Shi, Sun Tao, Guo Xincong, Li Jifei e Li Jing.

“As obras expostas possuem duas características: uma é usar ricos elementos artísticos chineses para descrever as paisagens únicas dos países ao longo do ‘Cinturão e Rota’, o que destacou a visão ampla da cultura chinesa contemporânea; a outra é concentração no conceito espiritual de simbiose harmoniosa entre o homem e a natureza, sociedade e outras pessoas em busca da paz”, conta Tao Qin – Presidente da Associação de Arte Chinesa.

As obras são provenientes de diversos acervos e de outras exposições: Paint One Another, Know One Another – Sino-Foreign Fine Art Exhibition, Bienal internacional de arte de Beijing, assim como dos ateliês dos próprios artistas.

A exposição Arte e paz viaja, desde 2016, pela Dinamarca, Quartel General Americano na Bélgica, Itália, Finlândia, Reino Unido, Grécia, Espanha, República Tcheca e, agora, Brasil.

Para Xu Li, Vice-Presidente Permanente da Associação de Artistas da China, “essa é a primeira exposição de arte que é realizada no Brasil. Esperamos com essa iniciativa aprofundar o intercâmbio cultural, a comunicação e melhorar a parceria entre os dois países”.

Após o Brasil, “Arte e paz” segue para o México, África do Sul e Rússia.

 

 

 

 

Arte e Paz – Obras Contemporâneas Chinesas

Local: Museu Nacional da República (Eixo Monumental)

Data: Até 16 de junho

Visitação: terça a domingo, das 9h às 18h30

Classificação indicativa livre

Entrada franca.