MAAI Arquitetura e Só Reparos fazem coquetel de despedida

O ambiente que trouxe a Amazônia para o CASACOR Brasília, se despede com gosto de quero mais

https://revistaevoke.com.br/wp-content/uploads/2017/09/revista-evoke-avatar.png
Revista Evoke
Arq & Decor, Lifestyle
22/10/18 11:30

A MAAI Arquitetura tem dado o que falar na CASACOR, mas não é só pela beleza do ambiente na mostra. Os arquitetos Mônica Pinto, Arnaldo Pinho, Isabel Veiga, se uniram ao empresário Alexandre Soares, dono da Só Reparos e causaram. A cada semana foi uma festa para clientes e fornecedores.

E na despedida da CASACOR 2018 não podia ser diferente. Ao som de música pop e baiana e menu assinado pela da Banqueteria Rio 40º, os convidados puderem se deliciar com finger foods e espumante geladinho.

Alessandra Moussa e Adriana Vasconcelos (Foto Gilberto Cardoso)

 

Carla Monza e Isabella Souza (Foto Gilberto Cardoso)

Amazônia Vivá

Um contato sinestésico com a exuberância natural da Amazônia em pleno Cerrado. Essa é a experiência de quem visita o ambiente Amazônia Vivá, por Só Reparos, projetado pela MAAI Arquitetura para o CASACOR Brasília 2018. A harmonia do espaço de 170 m², o maior da mostra, é um presente aos participantes e uma bela homenagem ao “pulmão do mundo”.

Os arquitetos Monica Pinto, Arnaldo Pinho e Isabel Veiga foram buscar inspiração em nosso principal ecossistema para compor o ambiente, como na utilização de materiais naturais e rústicos. A parceria com a loja de acabamentos e materiais para construção, Só Reparos, deu um toque especial ao projeto.

A abundância da vegetação amazônica é representada, por exemplo, nas paredes forradas em madeira pinus, remetendo à arquitetura típica do Norte. “Construir espaços é torná-los vivos e a vida da floresta é a que nos fez brilhar os olhos. O toque da natureza torna os ambientes mais pulsantes. Nela tem movimento e vida”, ressalta o arquiteto Arnaldo Pinho.

 

Amazonia Vivá. Foto: Jomar Bragança

 

Em Amazônia Vivá ainda é possível perceber a tendência da personalização de produtos, isto é, a cultura do “faça você mesmo”, representada no ambiente, segundo seus idealizadores, pela mesa de centro com peças em mármore bege bahia e uma estante em madeira pinus.

O espaço é enriquecido pela sensibilidade do trabalho do fotógrafo Bento Viana, que retratou a civilização indígena, com quadros que reforçam o tema Amazônia. A escultura da artista Valdelice Neves também é destaque no local. Em sua obra, ela reproduz as casas construídas pelo pássaro João Congo na natureza.

 

Revista Evoke

Acompanhe todas as novidades pelo instagram.