Um possível futuro para o vídeo streaming

A forma de distribuição que está crescendo cada vez mais e mais

https://revistaevoke.com.br/wp-content/uploads/2017/07/revista-evoke-colunista-johil-carvalho.jpg
Johil Carvalho
Cinema, Entretenimento
03/05/18 17:21

Certamente, você já consumiu vídeos em streaming. Streaming, hoje traduzido como transmissão, tinha originalmente o significado de um fluxo contínuo (de líquido). O que caracteriza um vídeo em streaming é justamente esse fluxo contínuo de informações que são enviadas de forma que se possa assistir ao vídeo enquanto ele ainda está sendo baixado. Ou seja, os vídeos do Youtube, Vimeo, etc são em streaming. Hoje a plataforma paga mais famosa de vídeo streaming é a Netflix.

Sou assinante da Netflix há alguns anos e como, ultimamente, tenho me dedicado a escrever roteiros para séries de TV, meu consumo de séries tem aumentado exponencialmente. Em busca por séries que tiveram uma ótima avaliação de público e crítica. Encontrei outros provedores de vídeo streaming e recentemente assinei o serviço da Amazon, o Prime Video. Hoje temos séries e filmes sendo produzidos por essas plataformas e exibidos de maneira exclusiva por elas. Também já temos canais que utilizam aplicativos próprios para escoar sua produção. Por exemplo o caso da HBO, a Disney, apesar de ser uma das proprietárias do Hulu, já informou que deve lançar seu programa de vídeo streaming. Vale lembrar que a Disney é proprietária dos direitos de exibição da Marvel, Star Wars, Fox, Pixar, além das produções da casa.

Isso me fez pensar em como poderia ser o futuro dos vídeos em streaming. Não teremos condições de pagar e zapear por todos os serviços que vierem a oferecer um conteúdo que nos agrade. Acredito que surgirá uma empresa que irá selecionar algumas séries e filmes dessas plataformas e disponibilizará ao consumidor por um preço fixo, claro que se você pagar um pouco a mais terá acesso aos produtos mais premiums e, por um tanto a mais, poderá ainda ter acesso a todo o conteúdo de todas as plataformas, enfim, vamos trocar a era dos canais a cabo pela era dos canais por streaming.

 

 

Revista Evoke

Acompanhe todas as novidades pelo instagram.