Centro Cultural Banco do Brasil recebe mostra

Cinema do local terá programação de filmes asiáticos

https://revistaevoke.com.br/wp-content/uploads/2017/09/revista-evoke-avatar.png
Revista Evoke
Cinema, Entretenimento
30/05/18 16:56

A mostra “Cidade em chamas: O cinema de Hong Kong” entra em cartaz no cinema do Centro Cultural Banco do Brasil Brasília de 12 de junho a 8 de julho. A programação com curadoria de Filipe Furtado ressalta um passeio histórico peculiar que tem início nos anos de 1960 e 1970 com as produções da Shaw Brothers, passa pelo cinema novo de Hong Kong do começo dos anos 1980 e culmina em projetos produzidos até 1997.

A colônia britânica foi alçada como principal centro de produção de cinema asiático. As bilheterias arrebataram todo o sudeste do continente em uma explosão de filmes dos mais diversos gêneros. “Produzindo filmes de ação, musicais, melodramas e comédias, sem grandes preocupações com bom gosto e preferência pelo excesso, a indústria de Hong Kong criou aos poucos um forte ‘star system’ incluindo nomes que viriam a se tornar populares no ocidente como Bruce Lee, Jackie Chan e Chow Yun-Fat, assim como promover amplo oportunidade a cineastas criativos como King Hu, Chang Cheh, John Woo, Tsui Hark e Wong Kar-wai.” Conta o curador Filipe Furtado. “É um cinema que fascinou os ocidentais justamente pela sua pluralidade e liberdade, sua recusa as regras e o bom tom”.

A programação traz mais de vinte filmes cult de diretores e atores chineses. Dentre gêneros como as artes marciais, comédias, musicais, filmes policiais, de horror e de fantasia, a seleção prima por títulos para cinéfilo nenhum ficar parado, com destaque para “Nômade”, de Patrick Tam, “Sonhos da Ópera de Pequim”, de Tsui Hark, “O Arco”, de Cecile Tang, um dos primeiros filmes orientais dirigido por uma mulher, onde são abordadas a falta de opções femininas e a estratificação social. No cinema de ação estão produções como “O Grande Mestre Beberrão” de King Hu, “Golden Swallow” de Chang Cheh, que influenciaram “O Tigre e o Dragão”, de Ang Lee; e “Ho, o Sujo” de Lau Kar Leung.

A mostra “Cidade em chamas: O cinema de Hong Kong” é um retrospectiva que traz a rara oportunidade de imersão em uma das cinematografias mais importantes, inventivas e influentes da história da sétima arte que reafirma a qualidade de um cinema que é tão raro no Brasil. São quatro semanas, com 23 produções, debate, curso e um catálogo que será trocado por cinco ingressos da mostra.

O filme “Projeto China” terá sessão inclusiva, com LIBRAS e Audiodescrição. A sessão ocorre no dia 29 de junho (sexta-feira) às 11 horas, com entrada franca, mediante retirada de senhas, 1h antes da sessão, na bilheteria do CCBB.

O Debate acontece no dia 21 de junho (quinta-feira), às 19 horas, e conta com as participações de Júlio Bezerra, Filipe Furtado e Felipe Morais. O Debate vai contar com tradução em LIBRAS.

Para se inscrever no curso, basta enviar email para: hongkongccbb@gmail.com. O curso “Cidade em chamas: O cinema de Hong Kong” será ministrado pelo curador da mostra de 20 a 22 de junho, sempre a partir de 14 horas. Filipe Furtado é crítico de cinema, ex-editor das revistas Paisà e Cinética. Colaborou para espaços como Contracampo, Filme Cultura, Teorema, The Film Journal, La Furia Umana e Rouge. Mantém o blog Anotações de um Cinéfilo.

 

Programação Brasília: 1º Semana

Terça: 12 de junho

17h – Sonhos da Ópera de Pequim (1986 / 104 min / Bluray)

19h30 – O amor eterno (1963 / 122 min / 35mm)

Quarta: 13 de junho

15h – Pedicab Driver (1989 / 95 min / Bluray) Sessão gratuita

17h – Rouge (1987 / 96 min / Bluray)

19h30 – Companheiros, quase uma história de amor (1996 / 118 min / Bluray) Sessão gratuita

Quinta: 14 de junho

15h – O arco (1969 / 94 min / DVD)

17h – Made in Hong Kong (1997 / 108 min / DVD)

19h30 – Os refugiados do barco (1982 / 109 min / 35mm)

Sexta: 15 de junho

15h – Os condores do oriente (1987 / 93 min / Bluray) Sessão gratuita

17h15 – Amar você (1995 / 84 min / Bluray)

19h30 – Confissões íntimas de uma cortesã chinesa (1972 / 97 min / 35mm)

 

2º Semana

Terça: 19 de junho

15h – Não brinque com fogo (1980 / 95 min / Bluray)

17h – Projeto China (1983 / 105 min / Bluray) Sessão gratuita

19h30 – O grande mestre beberrão (1966 / 91 min / 35mm)

Quarta: 20 de junho

14h – Curso

17h – Nômade (1982 / 96 min / DVD)

19h30 – Irmãos de sangue (1973 / 118 min / 35mm)

Quinta: 21 de junho

14h – Curso

17h – Os refugiados do barco (1982 / 109 min / 35mm)

19h – Debate com Júlio Bezerra, Filipe Furtado e Felipe Morais – com tradução em LIBRAS.

 

Sexta: 22 de junho

14h – Curso

Sábado: 23 de junho

15h – Ho, o sujo (1979 / 97 min / Bluray)

17h – O grande mestre beberrão (1966 / 91 min / 35mm)

19h30 – Irmãos de sangue (1973 / 118 min / 35mm)

Domingo: 24 de junho

15h – Police Story (1985 / 101 min / Bluray)

17h – Confissões íntimas de uma cortesã chinesa (1972 / 97 min / 35mm)

19h30 – O amor eterno (1963 / 122 min / 35mm)

 

3º Semana

Terça: 26 de junho

15h – Amar você (1995 / 84 min / Bluray)

17h – Os detetives (1976 / 94 min / Bluray)

19h – O Deus da cozinha (1996 / 95 min / Bluray)

Quinta: 28 de junho

15h – Golden Swallow (1968 / 89 min / Bluray)

17h – Alvo duplo (1986 / 95 min / Bluray)

19h30 – Sonhos da Ópera de Pequim (1986 / 104 min / Bluray)

Sexta: 29 de junho

11h – Projeto China (1983 / 105 min / Bluray) Sessão Inclusiva – audiodescrição + legendagem + LIBRAS. Sessão gratuita mediante retirada de senhas, 1h antes da sessão, na bilheteria do CCBB

15h – Os detetives (1976 / 94 min / Bluray)

17h – Companheiros, quase uma história de amor (1996 / 118 min / Bluray) Sessão gratuita

19h40 – O arco (1969 / 94 min / DVD)

 

4º Semana

Terça: 03 de julho

17h – Fervura máxima (1992 / 128 min / Bluray)

19h30 – Golden Swallow (1968 / 89 min / Bluray)

Quarta: 04 de julho

15h – O Deus da cozinha (1996 / 95 min / Bluray)

17h – Projeto China (1983 / 105 min / Bluray) Sessão gratuita

19h30 – Police Story (1985 / 101 min / Bluray)

Quinta: 05 de julho

15h – Os condores do oriente  (1987 / 93 min / Bluray) Sessão gratuita

17h – Pedicab Driver (1989 / 95 min / Bluray) Sessão gratuita

19h30 – Ho, o sujo (1979 / 97 min / Bluray)

Sábado: 07 de julho

14h30 – Alvo duplo (1986 / 95 min / Bluray)

16h30 – Não brinque com fogo (1980 / 95 min / Bluray)

18h30 – Nômade (1982 / 96 min / DVD)

20h30 – Rouge (1987 / 96 min / Bluray)

Domingo: 08 de julho

16h30 – Made in Hong Kong (1997 / 108 min / DVD)

19h – Fervura máxima (1992 / 128 min / Bluray)

 

 

Revista Evoke

Acompanhe todas as novidades pelo instagram.