Retardar o processo de envelhecimento, é possível?

Luz solar em excesso e má alimentação são alguns fatores que agravam o envelhecimento

Revista Evoke
Bem Estar, Saúde
08/02/18 16:22

O envelhecimento da pele é algo natural, porém o desgaste pode ser potencializado quando não se tem hábitos saudáveis, como a alimentação adequada e o uso de protetor solar. Glicação e oxidação (perda de colágeno e elastina), são os principais fenômenos que agem no envelhecimento, podendo causar o aparecimento de rugas, perda de luminosidade e elasticidade na pele.

Com o passar dos anos, o trabalho das células, tanto na derme como epiderme vão se atrofiando, causando a flacidez e gerando rugas. “Fatores externos também podem contribuir para esse quadro, como a exposição solar, poluição, tabagismo, alimentação inadequada e estresse”, observa dermatologista Dr. Luciano Morgado.

 

 

 

Mas nem tudo está perdido, existem formas de retardar o processo de glicação e oxidação da pele e, consequentemente, minimizar o aparecimento de rugas, elasticidade e manchas. O dermatologista recomenda o uso diário de protetor solar e de cremes antienvelhecimento (a partir dos 25 anos). Manter uma alimentação balanceada também é um fator importante. O ideal é que o dermatologista avalie cada situação, visto que há no mercado, além dos tratamentos tópicos e orais, laser de alta potencial que podem tratar as imperfeições.

 

 

Revista Evoke

Acompanhe nosso instagram e veja no stories as novidades.