Dia Mundial do Café

Saiba algumas dicas para o consumo correto

Revista Evoke
Bem Estar, Nutrição
06/04/18 11:34

O café é muito querido por parte dos brasileiros e do resto do mundo. Despertar, manter a energia e atenção é um das funcões dele. O velho é bom cafezinho faz parte da rotina de muitos, e por ser tão especial ele tem um dia só pra ele: 14 de abril. Mesmo sendo tão apreciados por muitos, será que o consumo dele seria recomendado para qualquer pessoa?

“Há pessoas que são sensíveis aos compostos do café e, principalmente, à cafeína. Além disso, indivíduos com transtorno de ansiedade podem aumentar as crises ao introduzir um estimulante como a cafeína em seu dia. Cardiopatas e hipertensos também precisam ter cuidado com a quantidade de café diária ou, até mesmo, se podem fazer o uso da substância” explica a nutricionista Larissa Fernandes.

“A qualidade do café depende dos fatores genéticos, do cultivo e da época da colheita, armazenamento e também da torração” conta a nutricionista. Ele possui minerais como o magnésio, potássio, niacina e ferro. Com isso, também tem compostos fenólicos que confere à adstringência o aroma e a pigmentação. O coffea arabica,  grão de café mais consumido no Brasil, possui em média 14% de lipídios, que fazem com que o cheiro do café fique retido e aos poucos seja volatilizado.

Há diferença entre o café coado e os cafés vendidos em cápsulas. O primeiro, quando filtrado com pó de café de qualidade, tem mais ativos antioxidantes, sabor, aromas e maiores benefícios à saúde. Também possui menor teor de cafeína do que as cápsulas comerciais. “Devemos levar em consideração também a quantidade de aromatizantes utilizados no café encapsulado e o alumínio da cápsula. A orientação é que alternemos entre café coado e café de cápsula”, orienta.

Mas quantas xícaras ao máximo uma pessoa deve consumir por dia? Para Larissa, é preciso uma avaliação individual para definir isso. Mas, em geral, costuma ser aceitável o consumo de até 400mg de caféina por dia, preferencialmente de forma fracionada. Para se ter uma ideia, uma xícara de café coado tem em média 70mg de cafeína e este valor aumenta para o expresso. Recomenda-se não ultrapassar quatro xícaras de café ao dia.

Benefícios X Malefícios – O maior benefício do café é a sensação de bem-estar e energia, além de ser diurético e ter a capacidade de agir como antioxidante. Em resumo, os antioxidantes atuam na imunidade, no combate ao envelhecimento celular e ajudam no controle do peso e do apetite.

Já os malefícios se relacionam com as pessoas que são cardiopatas, podendo aumentar a chance de arritmias ou processos decorrentes da cardiopatia; aumentar o estado eufórico do ansioso e também os sintomas da insônia. O produto pode, ainda, causar fraqueza, enjoo e sonolência para pessoas com sensibilidade à cafeína.

 

Confira 5 dicas para um consumo consciente de café:

– Não utilizar o café em quantidades maiores que 5 xícaras por dia;

– Procure orientação do nutricionista para adequar a quantidade no seu dia;

– Não utilize suplementos de cafeína sem orientação do nutricionista;

– Utilize cafés de qualidade, se possível em locais que façam a moagem do café na hora e a embalagem seja escura para que o café não oxide e perca as propriedades;

– Alterne o café de cápsula e cafés coados.

 

Dicas de Receitas Saudáveis usando café:

Vitamina Energética

– 1 banana congelada

– 1 polpa de açaí sem xarope

– 50ml de expresso

– 100ml de água de coco

MODO DE PREPARO: Bata todos os ingredientes no liquidificador e sirva.

 

Sorvete de Cacau e Café 

– 1 dose de expresso

– 1 banana congelada

– 1/2 abacate congelado

– 1 colher de sopa de cacau

– 2 colheres de sopa de pasta de amendoim (deixar 1 hora no congelador)

MODO DE PREPARO: Bater todos os ingredientes no liquidificador até ficar com a textura de sorvete. Sirva logo em seguida. Decore com frutas da estação.

 

 

 

Acompanhe todas as novidades pelo instagram.