Curso gratuito sobre atendimento em restaurantes

Curso capacita funcionários a fazer atendimento correto em restaurantes

Revista Evoke
Gastronomia, Lifestyle
09/03/18 14:52

Quem nunca reclamou do atendimento recebido em um estabelecimento como um restaurante, uma lanchonete ou mesmo em um bar? Ao sair para comer em um desses ambientes, o consumidor procura um lugar que seja agradável, descontraído e, claro, com bom atendimento. Mas será que os empreendedores sabem como preparar o funcionário para receber o público de maneira correta?

O atendimento ao cliente é hoje um dos grandes problemas do setor de gastronomia. Normalmente os funcionários não estão qualificados no momento da entrevista e as empresas que contratam não têm um sistema de treinamento personalizado para que o atendimento seja adequado ao empreendimento. Sabendo desta deficiência no mercado, a Cazarrara – Assessoria para Restaurantes lançou, no dia 6 de março, um curso online e gratuito sobre atendimento no setor gastronômico. O curso é composto por 4 vídeos e tem o objetivo de oferecer as ideias iniciais sobre atendimento. Quem tiver interesse, pode acessar os vídeos sobre atendimento ao cliente até o dia 6 de abril, pelo site.

Atualmente no mercado, existem profissionais que fizeram cursos para se qualificarem na área de atendimento, mas de forma generalista. Não há pessoas treinadas na forma específica de uma empresa atender, exceto se a própria empresa formar esse colaborador. Foi então que surgiu a ideia do curso. A consultora gastronômica da Cazarrara, Luciana Félix, explica que cada estabelecimento tem demandas específicas: “uma cafeteria tem uma forma de atendimento completamente diferente de uma churrascaria, por exemplo. Por isso, é importante que as empresas tenham um processo interno de qualificação, uma escolinha que passe aos colaboradores a cultura organizacional da empresa e que faça com que todos atendam da mesma forma. Contudo, para que a qualificação interna ocorra, os gestores precisam entender a importância da capacitação específica e que o treinamento não é algo a se realizar uma ou duas vezes por ano, mas é algo que deve ser feito todos os dias, deve estar disponível para facilitar as diversas formas de aprendizagem”, ressalta a consultora.

Luciana lembra, ainda, que para se qualificar de maneira correta, o funcionário deve fazer simulação de atendimento, deve ter material para leitura e vídeos que possam ajudá-lo a se desenvolver. O responsável pela operação dos estabelecimentos deve estar alinhado com o profissional de recursos humanos para que os funcionários recebam treinamentos sistemáticos até que estejam no padrão da empresa.

 

 

Revista Evoke

Acompanhe nosso instagram e veja no stories as novidades.