Aprenda: preto é uma palavra linda e não ofende ninguém

O termo é mal colocado, por isso não deixe ninguém usá-lo na tentativa de te insultar

http://revistaevoke.com.br/wp-content/uploads/2017/07/revista-evoke-colunista-basilia-rodrigues.jpg
Basilia Rodrigues
Bem Estar, Tonalidade
23/01/18 16:23

Cento e vinte e nove anos desde o fim da escravidão e ainda é preciso explicar que a defesa de negros e negras não tem nada a ver com vitimização. Para piorar, o racismo velado anda perdendo espaço para a falta de vergonha na cara de quem molda seu jeito de ser de acordo com a cor da pele das pessoas. Com alguns, sorrisos; com outros, racismo. É como aquele sujeito que anda na festa entre amigos, sorridente e comum, mas, ao se referir a uma mulher negra, agride.

As duas palavras em uma mesma frase não foram suficientemente plausíveis para aquele rapaz, que, afundado bem mais do que em copos de uísque, partiu para uma provocação inegável: sou negra.

Em seguida, o homem disse: “Não sei se você pode conversar comigo”. Explicou que certo candidato à Presidência da República tem restrições a pessoas negras. “Posso conversar com você? Vou votar nele e ele não deixa”, afirma.

Inconveniente, o eleitor/racista/bêbado é convidado a se retirar, mas pede para ficar porque estava “dando em cima da preta”. E eu respondi prontamente: “Ser chamada de preta não me ofende”. Uma pessoa que testemunhou a conversa, assim como eu, se sentiu transportada para alguma cena do passado em pleno 2017. Seu discurso e sua presença não cabiam mais naquela mesa, nem no presente.

Não há nada mais sintomático sobre preconceito do que associar certos tipos de profissão a certos tipos de pessoas e tons de pele. É surpreendente ver como o inconformismo pode se revelar do nada – ele não se aguenta mais velado.

Torço para que mais negros se afirmem como são e protejam sua autoestima, sem perder a leveza da vida. Venho aqui hoje escrever isso: não saia da mesa, encare. “Preta” é uma das palavras mais lindas que eu já ouvi, mas é mal colocada. Aprenda: esse termo não ofende e nunca mais alguém irá usá-lo na tentativa de ofender.

 

Este texto foi originalmente publicado no site Metrópoles

 

 

Revista Evoke

Acompanhe nosso instagram e veja no stories as novidades.